TESTEMUNHO DE PERDÃO E RESTAURAÇÃO

Ótavio Guilherme

Após 12 anos, Otávio Guilherme e Valéria se separaram por causa das traições dele, mas se casaram novamente depois do divórcio e hoje são exemplo de vida para os casais

Eles se conheceram em 1985, ele com 20 anos e ela, 18. Começaram a namorar em 22 de junho aquele ano e, após seis meses, se casaram. Tiveram um casal de filhos. Cerca de sete anos depois, o webdesigner e cantor Otávio Guilherme e a esposa, Valéria Frostcher, se divorciaram. O relacionamento que começou muito bem, se transformou. “Eu creio sim que o nosso casamento é um plano de Deus, mas a culpa foi minha por ter permitido o plano frustrado de Satanás em nossa união. Quando a conheci, ela me convidou para o noivado dela, que durou apenas 30 dias. Veja se não era propósito do Senhor”, admite Otávio.

Depois de casados, Otávio, que na época trabalhava em uma agência bancária, passou a chegar bêbado em casa. “Achava que casamento era uma prisão. Com três meses já queria me separar dela. Arrumei minhas coisas para sair de casa, chamamos os pais dela, a minha mãe. Eu falava dos defeitos dela, ela falava dos meus. No fim da noite, chorávamos abraçadinho, dizendo ‘eu te amo’ um para o outro”, relembra.

Ana Beatriz Frostcher nasceu um ano e meio depois de Otávio e Valéria terem se casado. A união durou sete anos. Mas não foi a tão falada crise desse período que separou o casal. “Não existe crise dos sete anos, nem dos seis, nem dos cinco. O que existe é mulher que não teme a Deus, homem que não teme a Deus. Existe o homem que não coloca a confiança do Senhor em seu casamento, que não convida o Senhor para ser a pessoa chave do seu casamento. O cordão de três dobras dificilmente se arrebenta”, comenta Otávio Guilherme.

Foi nesta época que o webdesigner conheceu uma outra mulher e adulterou pela primeira vez. “Eu estava cavando a minha destruição, buscando a minha falência, estava detonando com a minha vida, com a vida da Valéria e a dos meus filhos. Foram cinco anos de traição, mas nada fica oculto aos olhos do Senhor”.

Quando Otávio decidiu sair de casa, Valéria estava grávida do segundo filho. Para não abandoná-la nessa situação, ele esperou o garoto Guilherme Otávio nascer e, quando o menino completou dois anos, o web designer juntou as coisas e foi embora. O casal estava juntos há 12 anos. Ele já namorava uma outra mulher, mas negava que a decisão do fim do casamento fosse um relacionamento extraconjugal.

“Ele nunca assumiu, só dizia que não me amava mais e ponto final. Depois de separados, uma pessoa me contou que ele estava com uma outra pessoa. Foi um tempo de muito sofrimento”, relembra Valéria.

Cerca de um ano e quatro meses depois, eles se divorciaram, e a mulher achou que não havia mais volta. “Eu estava desesperada, pedia a Deus uma hora com Ele, mas eu não queria morrer. Hoje, olhando para trás, eu vejo que Deus estava comigo o tempo todo. Mas enquanto eu estava vendo o final, Deus estava escrevendo o começo”.

Dois anos depois, o casal reatou o casamento. “Foi uma ação do Espírito Santo. Numa quinta-feira eu liguei para ela e disse que queria sair para conversar. Saímos no sábado e eu disse que queria voltar, que a partir de segunda-feira eu iria virar crente”, diz Otávio. O webdesigner se converteu em 7 de agosto de 2000. No mesmo ano, Otávio Guilherme e Valéria se casaram novamente e, em 2010, celebraram as

Bodas de Prata

“Eu decidi perdoar meu marido, e o Senhor derramou isso em minha vida. Ele foi para a igreja, começou um processo de reconquista a mim e aos meus filhos, batizamos no mesmo dia. O meu amor por ele foi restaurado”, diz a mulher. Foi um processo que envolveu cura, perdão, restauração. Marido e mulher sabem que foi Deus quem efetuou tudo isso, e sem Ele nada disso seria possível.

Otávio Guilherme reconhece que a sua culpa pelo fim do casamento, por sua infidelidade e pela falta de Deus na vida do casal. Mas ele glorifica ao Senhor pela oportunidade de recomeçar. “A Palavra dEle nos dá essa oportunidade, a oportunidade de recomeçar”.

“Um dia, da mesma forma que Deus criou Eva, Ele criou a Valéria para mim. O dia em que eu a conheci não sai da minha memória. Ela virava a esquina, vestida com uma camisa florida, uma calça jeans, os cabelos encaracolados. Deus congelou essa imagem na minha mente para eu trazer à memória o que me dá esperança. Que tipo de memória você tem da sua família, do seu casamento que te dá esperança? É importante você trabalhar isso em sua vida”, enfatiza Otávio.

 Os casais que querem ser abençoados com a mensagem de restauração de casamento de Otávio Guilherme e Valéria podem entrar em contato com eles por meio do telefone (31) 2516-9480 ou pelo site www.otavioguilherme.com.br. Os dois trabalham com o ministério Casados para Sempre. (Reportagem baseada no testemunho gravado pelo casal na Igreja Batista Poder de Deus, em Barão de Cocais)